A agência

Quando se sonha sozinho é apenas um sonho. Quando se sonha juntos é o começo da realidade.” Cervantes

Foi partindo desta premissa que 2 amigos resolveram enfrentar seus medos e abrir uma agência de publicidade.
Bruno Caleffo e Will Horas os fundadores J.B.W|Brasil nunca tiveram a oportunidade de trabalhar em uma agência de grande porte, talvez por este motivo não possuem certas regras impostas pelas grandes corporações e grupos que dominam o mercado Publicitário Brasileiro. Muito dessas regras só ajudam a bloquear as inovações, que nos dias de hoje não ajudam muito, pois o mercado cresce exponencialmente.

O mundo está mudando. Mas a novidade não é a mudança do mundo, a novidade é a velocidade da mudança. Nunca em toda a história humana se mudou com tanta velocidade. Tem pessoas que acham que dá para fazer do mesmo jeito que fazíamos antes. Os cenários são turbulentos, as condições estão se alterando e as mudanças são velozes. A coisa mais perigosa num mundo que muda velozmente é achar que já chegou onde podia. Ou seja, sossegar. Acredito que nós não estamos prontos, nem saibamos de tudo, porém sabemos que não estamos satisfeitos.

Mas nem com todos esses empecilhos desistimos dos nossos sonhos, com a primeira oportunidade que apareceu de estar em uma agência de médio porte no interior paulista, começamos a escrever nossos primeiros passos na publicidade.
Por se tratar de uma agência menor, conseguimos desconstruir algumas ideias e quebrar alguns paradigmas que já vinham do tempo de faculdade, lá podemos ajudar a construir alguns cases de sucesso entre eles o da Sodiê Doces, a Maior Franquia de Bolos do Brasil.

Sabemos que as pessoas não foram educadas para pensar em soluções inovadoras, nós também não fomos. As pessoas tendem a presumir que as coisas são impossíveis, em vez de partir da física do mundo real e descobrir o que de fato é possível. Por este motivo traçamos objetivos grandes.
Descobrimos que contratando as pessoas certas e sonhando alto o suficiente, em geral, chegaremos lá. E, mesmo que fracassemos, provavelmente teremos aprendido algo importante.

Também é verdade que as empresas se acomodam fazendo o que sempre fizeram, com apenas alguns incrementos. Esse tipo de mudança gradual e a longo prazo leva à irrelevância com o passar do tempo especialmente com as tecnologias que temos hoje, já que a mudança em si tende a ser revolucionária, não evolucionária.

Então, se o passado é indicador do nosso futuro, as grandes apostas de hoje não parecerão tão loucas daqui a alguns anos.

As agências são tão grandes quanto merecem ser. Estamos começando do nada, mas vamos torná-la grande antes de 2025.

 

Atender empresas familiares de pequeno e médio porte. Ter como premissa escrever a publicidade com paixão e verdade, algo que foi perdido ao longo dos anos. 

“Um bom anúncio é aquele que vende o produto sem atrair a atenção para si. Em vez do leitor dizer:”Que anúncio inteligente. 

“O leitor irá dizer: “Não sabia que esse produto fazia isso. Preciso experimentar.”

 

É fácil se encantar por quilômetros de mesas, departamentos e outros acessórios das grandes agências, mas nada o vale se não conhecer os valores que levaram a esse triunfo.

Os nossos valores é trazer a verdadeira razão de ser uma agência e ter a potência criativa, acompanhada pela ética e muito comprometimento. Mas o que mais será levado em conta para nós é fazer tudo com muito amor à profissão, porque fazer tudo apenas pelo dinheiro já sabemos onde encontrar.