Como o vídeo pode revolucionar o seu marketing de educação

Ao longo dos anos, tenho conversado com centenas de profissionais de ponta do marketing, e todos têm dois problemas em comum: falta de atenção e excesso de informação. As pessoas estão mais e mais obcecadas por pesquisas, e as suas opções parecem infinitas. Ao longo da jornada do consumidor, as suas escolhas se ampliam e se estreitam. Com isso, o trabalho do marketing não acaba quando alguém preenche um formulário: interações novas e interessantes com as pessoas são necessárias em todos os pontos de contato.

Um exemplo de jornada em que a pesquisa é intensa: se matricular em uma instituição de ensino. Lembra quando você estava na escola, escolhendo o curso e a faculdade que queria fazer? A sua decisão deve ter sido influenciada por coisas como visitas a universidades, dicas da família e dos amigos e o interesse na sua futura profissão. Mas hoje em dia esse processo envolve muita pesquisa, e nisso os vídeos têm um papel fundamental – principalmente para os alunos universitários que querem estudar à distância.

O Google fez uma parceria com a Greenberg Research Inc. para saber o que mudou nessa jornada. Quer ver o que descobrimos?

O vídeo amplifica as pesquisas

Os alunos em potencial intensificam suas pesquisas digitais após preencherem algum formulário, e os vídeos reforçam isso. Na verdade, os futuros alunos que pretendem cursar uma universidade a distância e que fizeram algum pedido de informação online fazem 1,5 vezes mais pesquisas digitais do que aqueles que não preencheram nenhum formulário.

O marketing das universidades têm aí uma ótima oportunidade de se diferenciar, ajudando as pessoas ao longo da sua jornada, especialmente depois que elas fizeram algum tipo de pedido de informação a mais. E os vídeos podem ajudar muito nesse processo.

Os vídeos estimulam a intenção

No fim, os vídeos não estimulam apenas o conhecimento da marca, mas também a intenção, e isso pode influenciar as pessoas a se matricularem em um curso online. Os vídeos educacionais são ferramentas poderosas nesse sentido: 80% das pessoas que planejam estudar a distância disseram que assistir a vídeos online influenciou sua decisão. E isso faz muito sentido, já que, com os vídeos, as pessoas conseguem se ver melhor dentro daquela experiência – e isso é mais um motivo para se matricular.

Produzir um vídeo explicando as vantagens da universidade pode estimular as pessoas a cadastrarem pedidos de informação. Depois dele, outro vídeo poderia mostrar alunos formados e bem-sucedidos – e esse estimularia as próprias matrículas. Explorando os sinais de intenção, é possível mostrar o vídeo certo na hora certa e ajudar as pessoas durante as suas jornadas.

É possível usar vídeos ao longo da jornada para atrair alunos, dar informações valiosas e construir relacionamentos.

Os vídeos reforçam emoções positivas

Depois de assistir a vídeos sobre cursos específicos ou da universidade onde querem se matricular, os alunos em potencial têm maior probabilidade de sentir confiança, empolgação ou entusiasmo. E essas são as mesmas emoções que elas sentem ao se matricular. É possível usar vídeos ao longo da jornada para atrair possíveis alunos, dar informações valiosas e construir relacionamentos.

Imagens, som e movimento são uma combinação poderosa. Todo mundo já passou por isso. Um vídeo pode nos dar arrepios, nos fazer chorar, ou dar a sensação de que podemos ganhar o mundo. Os vídeos podem estimular sensações positivas nas pessoas e construir relacionamentos que duram muito mais do que apenas o primeiro dia de aula.

Fonte: https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/advertising-channels/v%C3%ADdeo/como-o-video-pode-revolucionar-o-seu-marketing-de-educacao/

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.